Ainda não há comentários

Modelo Supremo

 

13 Eis que o meu servo procederá com prudência; será exaltado, e elevado, e mui sublime. 14 Como pasmaram muitos à vista dele, pois o seu parecer estava tão desfigurado, mais do que o de outro qualquer, e a sua figura mais do que a dos outros filhos dos homens. 15 Assim borrifará muitas nações, e os reis fecharão as suas bocas por causa dele; porque aquilo que não lhes foi anunciado verão, e aquilo que eles não ouviram entenderão.(Isaías 52:13-15)

1 Quem deu crédito à nossa pregação? E a quem se manifestou o braço do SENHOR? 2 Porque foi subindo como renovo perante ele, e como raiz de uma terra seca; não tinha beleza nem formosura e, olhando-nos para ele, não havia boa aparência nele, para que o desejássemos. 3 Era desprezado, e o mais rejeitado entre os homens, homem de dores, e experimentado nos trabalhos; e, como um de quem os homens escondiam o rosto, era desprezado, e não fizemos dele caso algum. 4 Verdadeiramente ele tomou sobre si as nossas enfermidades, e as nossas dores levou sobre si; e nós o reputávamos por aflito, ferido de Deus, e oprimido. 5 Mas ele foi ferido por causa das nossas transgressões, e moído por causa das nossas iniquidades; o castigo que nos traz a paz estava sobre ele, e pelas suas pisaduras fomos sarados. 6 Todos nós andávamos desgarrados como ovelhas; cada um se desviava pelo seu caminho; mas o Senhor fez cair sobre ele a iniquidade de nós todos. 7 Ele foi oprimido e afligido, mas não abriu a sua boca; como um cordeiro foi levado ao matadouro, e como a ovelha muda perante os seus tosquiadores, assim ele não abriu a sua boca. 8 Da opressão e do juízo foi tirado; e quem contará o tempo da sua vida? Porquanto foi cortado da terra dos viventes; pela transgressão do meu povo ele foi atingido. 9 E puseram a sua sepultura com os ímpios, e com o rico na sua morte; ainda que nunca cometeu injustiça, nem houve engano na sua boca. 10 Todavia, ao Senhor agradou moê-lo, fazendo-o enfermar; quando a sua alma se puser por expiação do pecado, verá a sua posteridade, prolongará os seus dias; e o bom prazer do Senhor prosperará na sua mão. 11 Ele verá o fruto do trabalho da sua alma, e ficará satisfeito; com o seu conhecimento o meu servo, o justo, justificará a muitos; porque as iniquidades deles levará sobre si. 12 Por isso lhe darei a parte de muitos, e com os poderosos repartirá ele o despojo; porquanto derramou a sua alma na morte, e foi contado com os transgressores; mas ele levou sobre si o pecado de muitos, e intercedeu pelos transgressores.  (Isaías 53:1-12)

 

Participando
Considerando pessoas, modelo é alguém que serve de imagem, de forma ou padrão de imitação ou ainda até como fonte de inspiração. Imitarmos a Cristo é o alvo, pois Ele é o mais elevado, o supremo modelo. Ele não poupou sua imagem (desfigurado), não tinha uma beleza exterior diferenciada, homem de dores, o mais rejeitado, mal interpretado, foi oprimido, recebeu sentença de morte injusta (embora fizesse parte de sua missão), teve um penoso trabalho de sua alma etc. Por que tudo isso? Por amor incondicional, para pagar nossa impagável dívida com Deus! Por isso Ele é O CAMINHO!

1. Quem é seu modelo supremo? E quem são os bons exemplos com os quais você aprende a ser um pouco mais cristão?

2. Quais são os valores que formam sua imagem interior? Como você os desenvolve?

3. “Jesus desprezava o desprezo, mas nunca o desprezador”. O que você entende por esta frase e em que ela pode te ajudar?

Concluindo
Se hoje somos rebanho de Deus, precisamos nos lembrar que um dia já andamos desgarrados como ovelhas. Deus usou alguém para nos alcançar e agora é a nossa vez de alcançarmos as pessoas ao nosso redor para que sejam salvas e libertas por Cristo!

Vamos orar pedindo para que o Espírito Santo nos ajude a imitar Jesus! Nisso reside o segredo para nossa vitória!

Elaborada por Ap. Paulo
Pregada em 06/10/19

Publicar um comentário