Ainda não há comentários

Jesus, na hora exata!

26 Pois todos vós sois filhos de Deus mediante a fé em Cristo Jesus; 27 porque todos quantos fostes batizados em Cristo de Cristo vos revestistes. 28 Dessarte, não pode haver judeu nem grego; nem escravo nem liberto; nem homem nem mulher; porque todos vós sois um em Cristo Jesus. 29 E, se sois de Cristo, também sois descendentes de Abraão e herdeiros segundo a promessa.”
(Gálatas 3:26-29 RA)

1 Digo, pois, que, durante o tempo em que o herdeiro é menor, em nada difere de escravo, posto que é ele senhor de tudo. 2 Mas está sob tutores e curadores até ao tempo predeterminado pelo pai. 3 Assim, também nós, quando éramos menores, estávamos servilmente sujeitos aos rudimentos do mundo; 4 vindo, porém, a plenitude do tempo, Deus enviou seu Filho, nascido de mulher, nascido sob a lei, 5 para resgatar os que estavam sob a lei, a fim de que recebêssemos a adoção de filhos. 6 E, porque vós sois filhos, enviou Deus ao nosso coração o Espírito de seu Filho, que clama: Aba, Pai! 7 De sorte que já não és escravo, porém filho; e, sendo filho, também herdeiro por Deus.”
(Gálatas 4:1-7 RA)

Mediante a fé em Cristo Jesus, nos tornamos filhos de Deus! Ao sermos batizados estamos evidenciando a nova vida em Cristo que assumimos. Não pode ser diferente, senão precisamos rever nossas convicções. Para os remidos por Cristo, as diferenças de raça, sociais, de gênero, deixam existir, passamos a ser um em Cristo!

1. Se fizermos uma comparação de nossa vida antes da conversão com agora, quais são as diferenças que existem?

2. Que tipo de preconceito contra irmãos em Cristo ou contra pessoas em geral ainda não conseguimos eliminar?


Um herdeiro menor de idade, mesmo dono de tudo, é como um empregado da casa, não pode usar seus bens como quer. A Lei Mosaica serviu para os judeus como guia até Cristo. Porém ao se permanecer legalista, se permanece “menor de idade”. Cristo veio ao mundo quando o tempo exato chegou para tornar escravos em filhos por adoção! Assim é que nos tornamos “maiores de idade” e podemos usufruir a herança bendita, Cristo e tudo que Ele traz. Precisamos descartar obras legalistas com a intenção de redenção. Os gálatas foram alertados a não se circuncidarem pois alguns diziam ser necessário para “completar” a salvação. Cristo é suficiente!

3. A seu ver, por que muitos crentes acham que precisam fazer alguma obra, algum sacrifício adicional para se salvarem?

4. Como você tem lidado com o legalismo em sua vida?

Vamos clamar juntos a Deus:

o Reconhecermos Cristo e só Ele, como suficiente para nossa salvação que é pela Graça mediante a nossa fé?

o Renunciando todo preconceito e obra legalista já praticados?

Em nome do Ministério Pastoral, Feliz Natal a todos!

Pr. Paulo

Publicar um comentário