Ainda não há comentários

Chama Viva!

Agora, vos rogamos, irmãos, que acateis com apreço os que trabalham entre vós e os que vos presidem no Senhor e vos admoestam;  e que os tenhais com amor em máxima consideração, por causa do trabalho que realizam. Vivei em paz uns com os outros.  Exortamo-vos, também, irmãos, a que admoesteis os insubmissos, consoleis os desanimados, ampareis os fracos e sejais longânimos para com todos.  Evitai que alguém retribua a outrem mal por mal; pelo contrário, segui sempre o bem entre vós e para com todos.  Regozijai-vos sempre.  Orai sem cessar.  Em tudo, dai graças, porque esta é a vontade de Deus em Cristo Jesus para convosco.  Não apagueis o Espírito.  Não desprezeis as profecias;  julgai todas as coisas, retende o que é bom;  abstende-vos de toda forma de mal.” (1 Ts 5:12-22 RA)

 

“ E não entristeçais o Espírito de Deus, no qual fostes selados para o dia da redenção.” (Efésios 4:30 RA)

 

Participando

Se colocarmos uma vela acesa dentro de um recipiente de vidro, e aí o tamparmos, a chama da vela começa a esmaecer e se ele ficar muito tempo tampado, a vela se apaga! É mais fácil tirar a tampa enquanto a chama, mesmo que fraca, ainda arde do que ter que reacendê-la!

1. Devemos evitar causar tristeza ao Espírito Santo (Ef 4:30), mas como é possível fazer isso?

2. Conforme o texto de 1Ts, como se forma a “tampa” que faz apagar a chama do Espírito Santo dentro de nós?

3. A esta altura, cabe a pergunta: Como está sua chama?

4. Para avaliarmos todas as coisas e ficarmos apenas com o que é bom, precisamos de um padrão para comparar. Qual é este padrão conforme Cl 3:16, e como usá-lo na prática?

Concluindo

Esteja a chama do Espírito em nós apagada, fumegando ou fraca, ao nos arrependemos de algum pecado, ao liberarmos um perdão retido, etc., o Senhor retira a tampa e libera fogo se necessário.

Vamos orar, clamando pela ação poderosa do Espírito Santo em nossa vida e dando liberdade a Ele para fazer o que precisa ser feito hoje?

Elaborada por Pr. Paulo

Pregada em 04/11/18

Publicar um comentário