(0 Votes)

   II Cor 4:8-18 “8 Em tudo somos atribulados, mas não angustiados; perplexos, mas não desesperados; 9 perseguidos, mas não desamparados; abatidos, mas não destruídos; 10 trazendo sempre no corpo o morrer de Jesus, para que também a vida de Jesus se manifeste em nossos corpos; 11 pois nós, que vivemos, estamos sempre entregues à morte por amor de Jesus, para que também a vida de Jesus se manifeste em nossa carne mortal. 12 De modo que em nós opera a morte, mas em vós a vida. 13 Ora, temos o mesmo espírito de fé, conforme está escrito: Cri, por isso falei; também nós cremos, por isso também falamos, 14 sabendo que aquele que ressuscitou o Senhor Jesus, nos ressuscitará a nós com Jesus, e nos apresentará convosco. 15 Pois tudo é por amor de vós, para que a graça, multiplicada por meio de muitos, faça abundar a ação de graças para glória de Deus. 16 Por isso não desfalecemos; mas ainda que o nosso homem exterior se esteja consumindo, o interior, contudo, se renova de dia em dia. 17 Porque a nossa leve e momentânea tribulação produz para nós cada vez mais abundantemente um eterno peso de glória; 18 não atentando nós nas coisas que se vêem, mas sim nas que se não vêem; porque as que se vêem são temporais, enquanto as que se não vêem são eternas.”

Há muitas situações e problemas que tentam tirar nossa paz, nossa esperança e frustrar nosso futuro; tentam também nos fazer desfalecer espiritualmente, tirar-nos do foco que é o Reino de Deus. Desfalecer significa perder as forças, o ânimo, a intensidade, etc. O desfalecimento tem levado muitas pessoas a se distanciar de Deus e cair no pecado.

1.      O que você tem feito para não desfalecer diante dos problemas e permanecer firme na presença de Deus?

 

Tudo o que enfrentamos nesta vida não pode se comparar com o que iremos receber de Jesus na eternidade. Vivemos nesta terra por um curto período para que possamos conhecer Jesus e nos preparar para vivermos eternamente com Ele. Nossa esperança não está nas coisas desta terra, mas no que é eterno. Quando entendemos assim, conforme a Palavra nos ensina, não perderemos nossas forças em Cristo.

2.      Em sua opinião, quais são as maiores causas que levam pessoas a se afastarem de Cristo?

3.      O que podemos fazer para evitar isto?

 

Quando vivemos em Cristo, mortos para o pecado e vivos para Deus, nossos sofrimentos naturais não nos levam à derrota. Ainda que soframos exteriormente, o Espírito Santo renova nossas forças a cada dia. Renovação do homem interior fala de relacionamento com Deus e fortalecimento espiritual. Não desista! Não deixe que os problemas te façam sentir derrotado ou desprezível.

4.      Como o nosso relacionamento com Deus pode nos ajudar diante das lutas, nos dias difíceis e complicados?

 

Vamos ler todos juntos: “Quem nos separará do amor de Cristo? A tribulação, ou a angústia, ou a perseguição, ou a fome, ou a nudez, ou o perigo, ou a espada? Em todas estas coisas, porém, somos mais do que vencedores, por aquele que nos amou.” (Rm 8:35 e 37)

5.      Agora vamos orar buscando o fortalecimento espiritual para que possamos passar por todas as situações, mas não desfalecermos!

Elaborada por Pr. Rian

Pregada em 13/11/16