(1 Vote)

“15  Disse Noemi: Eis que tua cunhada voltou ao seu povo e aos seus deuses; também tu, volta após a tua cunhada. 16  Disse, porém, Rute: Não me instes para que te deixe e me obrigue a não seguir-te; porque, aonde quer que fores, irei eu e, onde quer que pousares, ali pousarei eu; o teu povo é o meu povo, o teu Deus é o meu Deus. 17  Onde quer que morreres, morrerei eu e aí serei sepultada; faça-me o SENHOR o que bem lhe aprouver, se outra coisa que não seja a morte me separar de ti. 18 Vendo, pois, Noemi que de todo estava resolvida a acompanhá-la, deixou de insistir com ela.”
(Rute 1:15-18 RA)


“5  Salmom gerou de Raabe a Boaz; este, de Rute, gerou a Obede; e Obede,a Jessé; 6  Jessé gerou ao rei Davi; e o rei Davi, a Salomão, da que fora mulher de Urias;”
(Mateus 1:5-6 RA)

 

O casal, Elimeleque e Noemi com seus filhos Malom e Quiliom, por causa da fome, se mudaram de Belém para Moabe. Seus filhos se casaram com duas jovens moabitas (estrangeiras). Logo morreram o pai e os dois filhos, ficando apenas as três viúvas. Noemi decidiu voltar para Belém e liberou suas noras para que seguissem seus caminhos. Orfa retornou às suas origens, mas Rute optou por acompanhar sua sogra Noemi. Em Belém, Rute foi colher espigas de cevada que caiam no chão durante a colheita; esta era porção destinada aos pobres. Cuidou de Noemi e acabou por encontrar a Boaz, dono daqueles campos de cevada e que se tornou seu resgatador e casou-se com ele. Tiveram um filho, chamado Obede que foi pai de Jessé, pai do rei Davi. E entraram para genealogia de Jesus!

1. Com base nesta história, o que devemos fazer quando alguma decisão que tomamos, não deu certo como esperávamos?

2. A escolha de Rute, rendeu a ela uma boa fama em Belém. Qual é a fama que você tem, em sua família e em outros relacionamentos?

O pacto de Rute com Noemi, precisa ser repetido em nossas famílias. Quando agimos com amor e lealdade, nossas famílias serão muito abençoadas. Atualmente as famílias andam muito desagregadas. Casais, pais e filhos, às vezes nem querem estar juntos! Rute nos ensina a ir junto, pousar junto, ser um só povo, ter um só Deus, o Todo-Poderoso, morrer junto e só sermos separados pela morte! Isso é alto nível de amor e lealdade.

3. O que tem impedido os casais de “andarem juntos”, de se sentirem bem com a presença do cônjuge e da mesma forma com os filhos?

4. O que podemos fazer na prática para que os membros de nossas famílias vivam mais juntos e cuidem mais uns dos outros?

Vamos orar abraçados como família de Deus e repetirmos em nossas casas com nossas famílias.

Elaborada por Pr. Paulo

Pregada em 06/03/16