(0 Votes)

“Levou-o ainda o diabo a um monte muito alto, mostrou-lhe todos os reinos do mundo e a glória deles  e lhe disse: Tudo isto te darei se, prostrado, me adorares.  Então, Jesus lhe ordenou: Retira-te, Satanás, porque está escrito: Ao Senhor, teu Deus, adorarás, e só a ele darás culto.  Com isto, o deixou o diabo, e eis que vieram anjos e o serviram.”
(Mateus 4:8-11 RA)

 “Não rogo somente por estes, mas também por aqueles que vierem a crer em mim, por intermédio da sua palavra;  a fim de que todos sejam um; e como és tu, ó Pai, em mim e eu em ti, também sejam eles em nós; para que o mundo creia que tu me enviaste.  Eu lhes tenho transmitido a glória que me tens dado, para que sejam um, como nós o somos;  eu neles, e tu em mim, a fim de que sejam aperfeiçoados na unidade, para que o mundo conheça que tu me enviaste e os amaste, como também amaste a mim.  Pai, a minha vontade é que onde eu estou, estejam também comigo os que me deste, para que vejam a minha glória que me conferiste, porque me amaste antes da fundação do mundo.”
(João 17:20-24 RA)
 

Participando:                                                                                

Quebra-gelo

Por que um purê de batatas é um bom símbolo para unidade?

Durante a tentação de Jesus, satanás mostrou todos os reinos do mundo e a glória deles na intenção de encher os olhos dEle com imagens de sedução. O objetivo era barganhar as glórias. Podemos listar como glória deste mundo: poder sobre pessoas, riqueza; fama; honras humanas; glamour; títulos de honra; etc.

  1. Como Jesus lidou quando pressionado a negociar a Glória de Deus?

  2. Como você tem agido em situações semelhantes?

Para obtermos a glória do mundo, temos que abrir mão da glória de Deus! E o inverso também é verdade?

  3. Vamos fazer nossos comentários sobre esta frase?

Conforme o texto de João, a unidade é uma das expressões da Glória de Deus. Jesus já intercedia por nós enquanto vivia na terra, e o foco de sua oração era pedir a Deus que seus seguidores vivessem em unidade. A unidade dos discípulos com Deus e seus irmãos, leva aos não crentes a crerem em Deus. A unidade diminui limites, propicia sinais e maravilhas de Deus e proporciona avanço. Não foi à toa a proposta de satanás a Jesus; ele queria quebrar a unidade do Filho com o Pai. É isso que ele continua tentando fazer conosco, quebrar a unidade: com Deus, com a família e com os irmãos da comunidade cristã.

  4. O que podemos fazer na prática para cultivar a unidade com Deus, com o cônjuge, com a família e com os irmãos da célula e igreja?

  5. Vamos apresentar a Deus nossas áreas de falta de unidade e a partir de hoje assumir o compromisso de cultivá-la?

Um saco de batatas é um bom exemplo de união, mas somente o purê expressa unidade e esse é nosso alvo.


Pr. Paulo