(0 Votes)

Salmos 91:1 “Aquele que habita no esconderijo do Altíssimo, à sombra do Todo-Poderoso descansará”.

Salmos 27:4-5 “Uma coisa pedi ao Senhor, e a buscarei: que possa morar na casa do Senhor todos os dias da minha vida, para contemplar a formosura do Senhor, e inquirir no seu templo. 5 Pois no dia da adversidade me esconderá no seu pavilhão; no recôndito do seu tabernáculo me esconderá; sobre uma rocha me elevará”.

 

O esconderijo do Altíssimo é o Lugar Secreto, Lugar de Intimidade. Deus nos criou para um relacionamento de intimidade com Ele. Na presença de Deus vivemos em descanso, despreocupados, um lugar onde o inimigo não nos acha.

1. Você tem conseguido descansar na presença de Deus?

Não podemos correr riscos! O pecado e a desobediência expõem nossa nudez espiritual, nosso secreto fica comprometido, nos tira do Lugar de Intimidade. Isto acontece desde o Éden, o homem se viu nu porque pecou. Eva e Adão são símbolos da criação perfeita de Deus. Somente com o sacrifício de um animal, Deus cobriu a nudez de Eva e Adão. Da mesma maneira, só podemos ter a cobertura dos nossos pecados através do sacrifício de Jesus na cruz, que cobre a nossa vergonha. Só Jesus pode nos levar ao lugar de Intimidade com Deus, ao perfeito relacionamento com Ele.

2. O que Jesus Cristo significa para você?

3. Como você se relaciona com Ele?

Somos templo do Espírito Santo, lugar secreto de Deus! E também somos responsáveis pela permanência dele em nós. A habitação do Espírito Santo de Deus deve conter a Glória de Deus e exalar o bom perfume de Cristo. Precisamos fazer com que a glória de Deus resplandeça sobre nós; para isto é necessário o fogo do Espírito, a chama de sua presença em nós. Precisamos imitar Jesus!

4. O que precisamos fazer, na prática, para que a Gloria de Deus resplandeça sobre nós?

Lugar de Intimidade é Jesus! Relacionamento com Ele, oração, adoração, obediência, perdão, amor, relacionamentos saudáveis, servi-lo por amor, etc.

5. Vamos adorar ao Senhor e entrar no Lugar de Intimidade com Ele!

 

Elaborada por Pr. Rian
Pregada em 10/12/17