(0 Votes)


14  Então, saiu Ló e falou a seus genros, aos que estavam para casar com suas filhas e disse: Levantai-vos, saí deste lugar, porque o SENHOR há de destruir a cidade. Acharam, porém, que ele gracejava com eles.15 Ao amanhecer, apertaram os anjos com Ló, dizendo: Levanta-te, toma tua mulher e tuas duas filhas, que aqui se encontram, para que não pereças no castigo da cidade. 16  Como, porém, se demorasse, pegaram-no os homens pela mão, a ele, a sua mulher e as duas filhas, sendo-lhe o SENHOR misericordioso, e o tiraram, e o puseram fora da cidade. 17  Havendo-os levado fora, disse um deles: Livra-te, salva a tua vida; não olhes para trás, nem pares em toda a campina; foge para o monte, para que não pereças. 18  Respondeu-lhes Ló: Assim não, Senhor meu!
19  Eis que o teu servo achou mercê diante de ti, e engrandeceste a tua misericórdia que me mostraste, salvando-me a vida; não posso escapar no monte, pois receio que o mal me apanhe, e eu morra. 20  Eis aí uma cidade perto para a qual eu posso fugir, e é pequena. Permite que eu fuja para lá (porventura, não é pequena?), e nela viverá a minha alma. 21  Disse-lhe: Quanto a isso, estou de acordo, para não subverter a cidade de que acabas de falar. 22  Apressa-te, refugia-te nela; pois nada posso fazer, enquanto não tiveres chegado lá. Por isso, se chamou Zoar o nome da cidade. 23  Saía o sol sobre a terra, quando Ló entrou em Zoar. 24 Então, fez o SENHOR chover enxofre e fogo, da parte do SENHOR, sobre Sodoma e Gomorra. 25  E subverteu aquelas cidades, e toda a campina, e todos os moradores das cidades, e o que nascia na terra. 26 E a mulher de Ló olhou para trás e converteu-se numa estátua de sal. (Gn 19:14-26 RA)

1 Quando atingiu Abrão a idade de noventa e nove anos, apareceu-lhe o SENHOR e disse-lhe: Eu sou o Deus Todo-Poderoso; anda na minha presença e sê perfeito. 2  Farei uma aliança entre mim e ti e te multiplicarei extraordinariamente. 3  Prostrou-se Abrão, rosto em terra, e Deus lhe falou: 4 Quanto a mim, será contigo a minha aliança; serás pai de numerosas nações. 5  Abrão já não será o teu nome, e sim Abraão; porque por pai de numerosas nações te constituí. (Gn 17:1-5 RA)

35  Cingido esteja o vosso corpo, e acesas, as vossas candeias.
36  Sede vós semelhantes a homens que esperam pelo seu senhor, ao voltar ele das festas de casamento; para que, quando vier e bater à porta, logo lha abram. 37  Bem-aventurados aqueles servos a quem o senhor, quando vier, os encontre vigilantes; em verdade vos afirmo que ele há de cingir-se, dar-lhes lugar à mesa e, aproximando-se, os servirá. 38  Quer ele venha na segunda vigília, quer na terceira, bem-aventurados serão eles, se assim os achar. 39  Sabei, porém, isto: se o pai de família soubesse a que hora havia de vir o ladrão, vigiaria e não deixaria arrombar a sua casa. 40  Ficai também vós apercebidos, porque, à hora em que não cuidais, o Filho do Homem virá. (Lc 12:35-40 RA)

Jesus fez uma menção a Ló em Lc 17:26-32. No texto que lemos, vemos algumas características de Ló que acredito devemos evitar, porém vemos outras em Abraão que no mínimo devem fazer parte de nossa vida com Deus hoje.

1. Você sabe dizer qual a diferença básica entre Ló e Abraão?

Não sabemos porque, mas os anjos inicialmente não queriam entrar na casa de Ló (Gn 19:2). Ló demorou de sair da cidade a ponto dos anjos os tirarem pela mão. Seus genros não o acompanharam. Podemos deduzir que possivelmente era apego ao lugar. A sua mulher não resistiu e olhou para trás, e se converteu em uma estátua de sal.

2. Que lição nós aprendemos com a vida de Ló e sua esposa?

Abraão é tido como o pai da fé.(Rm 4:11,12). Era amigo de Deus. (Gn 18:17) Chamado de amigo de Deus. (Tg 2:23). Tinha promessa. (Gn 15:5,6). Recebeu um pedido de Deus. Anda na minha presença (Gn 17:1).

3. Ter fé. Ser amigo de Deus. Sua crença nas promessas, e o andar na presença de Deus, como vai isto na sua vida?

4. Nós temos um modelo. Como vai nosso formato, visto que devemos nos parecer com Jesus? (Mt 10:25a)

Nossa oração hoje, é por nós, pelo preparo para a volta de Cristo. Que Jesus nos encontre com nossas candeias acesas.         

Elaborada por Pr. Wagner
Pregada em 15/10/17