(0 Votes)

Eu, eu mesmo, sou o que apago as tuas transgressões por amor de mim e dos teus pecados não me lembro.” (Isaías 43:25 RA)

Temos constatado que uma das fontes de sofrimento muito comum sobre as pessoas é o peso da culpa.

Podemos dizer que a culpa é uma acusação interior produzida pela consciência de um erro cometido. É comum errarmos contra as pessoas com quem convivemos e também contra Deus.

A natureza pecaminosa que habita em nós, sempre nos estimulará ao erro. O apóstolo João nos ensina:  “Se dissermos que não temos pecado nenhum, a nós mesmos nos enganamos, e a verdade não está em nós.” (1 João 1:8 RA). Por outro lado, este fato não nos isenta da responsabilidade pessoal que temos em saldar nossas pendências com as pessoas e com Deus.

O que fazer então para lidar com a culpa se somos sujeitos a errar?

Primeiramente observe se a culpa que você sente é real, ou seja, se de fato foi cometida uma falha.

Há quem sofra a culpa por situações que ocorreram, mas que estavam fora de seu controle. A isso chamo de falsa culpa. Neste caso, peça a Deus a capacidade de rejeitar em seu interior uma responsabilidade que não te pertence, e o peso da culpa desaparecerá!

Quando porém, existe uma culpa real, também é possível se livrar dela.

Se arrepender da falha cometida, pedir perdão ao prejudicado e reparar o prejuízo causado, sempre solucionará um conflito permitindo libertação da culpa. Este é o caminho deixado por Deus para eliminarmos a culpa diante dEle e de pessoas,  “O que encobre as suas transgressões jamais prosperará; mas o que as confessa e deixa alcançará misericórdia.” (Provérbios 28:13 RA). Esconder, postergar, fazer de conta que está tudo bem, nunca resolverá o problema nem com Deus, com as pessoas, nem conosco mesmos.

Há pessoas porém, que já fizeram este processo, mas ainda assim se sentem culpadas. O que fazer então? O entendimento está aqui: se sentem, mas já não são. Não creia em seu sentimento! Ele, nesse caso, é enganoso: “Enganoso é o coração, mais do que todas as coisas, e desesperadamente corrupto; quem o conhecerá?” (Jeremias 17:9 RA). O que Deus declara é infalível e superior a nossos sentimentos. Creia que Deus já não se lembra de seus pecados e erros. Ao assumir isso, a culpa será expulsa de seu interior pelo poder da Palavra de Deus!

Tenha uma semana livre dos pesos que impediam o seu deslanchar!

Pr. Paulo

Este endereço de e-mail está protegido contra SpamBots. Você precisa ter o JavaScript habilitado para vê-lo.