(0 Votes)

Todos nós sabemos e cremos que Jesus Cristo é o Filho de Deus enviado ao mundo para se oferecer em sacrifício redentor a favor de toda humanidade mergulhada no pecado. É muito importante saber porque só Jesus Cristo salva. O que há de especial na pessoa de Jesus Cristo que o torna diferente dos demais homens.

1.       Jesus Cristo é o Filho de Deus, gerado por Deus. (Jo 1:1-14;  1Co 15:47;  Cl. 1:11-16)

  •  Jesus é o próprio Deus que se fez carne no momento em que foi gerado em Maria pelo Espírito Santo de Deus.
  • Jesus não poderia ser gerado por um homem porque não poderia herdar  a natureza pecaminosa de Adão.
  • Nele foram criadas todas as coisas e por Ele, tudo subsiste.

2.       Jesus Cristo é filho do homem, nascido de mulher (Lc. 1:26-35)

  •   Jesus teria que vir ao mundo como homem para que pudesse passar por todas as emoções e tentações da mesma forma que qualquer homem. Com a vitória sobre o pecado, além de consumar o plano redentor, deixou um exemplo, mostrando que um homem tem condições de viver em santidade de vida.
  • Um anjo jamais poderia exercer o ministério de redenção porque não venceria o pecado na condição humana.

3.       Jesus Cristo não viveu como Deus, mas como homem (Fl. 2:5-11)

  • A vitória sobre o pecado não teria valor se Ele estivesse unicamente na condição divina.
  • Como homem, Jesus venceu o pecado. Em tudo ele foi tentado, não somente no deserto como muitos pensam, mas durante todo tempo foi submetido a várias provações.

4.       Só o sangue de Jesus tem poder para  remissão do pecado (Lev. 17:11; Hb. 9:11:12, 22)

  • Os sacerdotes faziam sacrifícios com animais, que não tinham poder para remissão do pecado, mas Jesus Cristo derramou o seu sangue para um sacrifício definitivo.
  • É importante saber: A ciência médica afirma que o sangue de uma criança no ventre da mãe, não é o mesmo sangue que corre nas veias da mãe. O sangue da criança tem formação própria e circula independente entre o cordão umbilical e a placenta, e é formado a partir da semente do pai. Portanto, o sangue de Jesus não era de Maria, mas foi formado pelo Espírito Santo, por isso é que tem poder.
                                                                                                             Pr. Paulo de Faria Filho