(0 Votes)

A Palavra de Deus nos ensina que o homem foi feito à imagem e semelhança de Deus. Isto não significa igualdade, mas que muitas características que são próprias de Deus, foram transferidas para o homem quando foi formado. Eis algumas dessas características: Deus é espírito, e é santo, Deus pensa; fala, ouve, vê e executa obras; Deus ama, etc. O homem não possui os atributos que são próprios de Deus tais como ser eterno, onipresente, onisciente, onipotente, etc. 

1.      Imagem e semelhança de Deus.  (Gn. 1:26 – Lv. 11:44-45 – Rm. 12:10 – I Jo. 2;29 – I Jo. 3;7)

  • Deus é santo e deseja que o homem seja santo.
  • Deus é amor e deseja que o homem ame a Ele e seus semelhantes.
  • Deus é justo e deseja que o homem seja justo.

2.      O homem é espírito.  (Gn. 2:7 – Jó 32:8 – Ecl. 12:7 – Tito 3:5 – Jo. 3:3)

  •  O espírito do homem foi criado no momento da sua formação e o põe em contato com Deus.
  • O espírito é imortal, uma vez criado nunca mais deixará de existir.
  • O espírito do pecado é considerado morto e seu destino é a morte eterna.
  • Para a salvação o espírito deve ser recriado, em outras palavras, deve nascer de novo.

3.      O homem tem uma alma. (Gn. 2:7 – Ez. 18:4 – Gl. 5:17-23)

  • A alma é a sede das emoções através da qual o homem pensa, raciocina e toma decisões.
  • A alma que decide pelo pecado vai com o espírito para a morte eterna (inferno).
  • Para a salvação a alma não é recriada como o espírito, mas precisa ser restaurada.

4.      O homem habita em um corpo físico que o põe em contato com a matéria.  (Gn. 3:19 – Cl. 3:5 – Rm. 6:134 – I Cor. 15:50,52).

  •  O corpo físico é pó e volta para o pó não podendo entrar no reino de Deus.
  • O corpo precisa ser subjugado pelo espírito através da alma.
  • Para a salvação o corpo precisa morrer e ressuscitar glorificado.

O homem como um todo, espírito, alma e corpo, deve ser totalmente santificado em todos os  aspectos e detalhes, pois sendo lavado e regenerado por Jesus Cristo para herdar a vida eterna, é templo do Espírito Santo de Deus (I Ts. 5:23 – I Cor. 6:19). O homem é a criação máxima de Deus e sendo pecador, tem chance de salvação somente enquanto estiver no corpo. Após a morte física não há mais possibilidade de salvação assim como os anjos (sendo espíritos), que se rebelaram estão destinados ao lago de fogo sem chance de salvação.

Walter  Ponci