Ainda não há comentários

Alvará de Soltura

Muitas são as aflições do justo, mas o Senhor o livra de todas. (Salmos 34:19)

Nada temas das coisas que hás de padecer. Eis que o diabo lançará alguns de vós na prisão, para que sejais tentados; e tereis uma tribulação de dez dias. Sê fiel até à morte, e dar-te-ei a coroa da vida. (Apocalipse 2:10)

Participando

Na Antiga Aliança eram considerados justos aqueles que obedeciam a Lei Mosaica (Rm 2:13). Porém na Nova Aliança, Cristo obedeceu integralmente a Lei para justificar (tornar justo) a muitos (Rm 5:19). Por isso ao recebermos a Cristo como Senhor e Salvador, nos tornamos justos diante do Pai.

  1. Há quanto tempo você se tornou justo diante de Deus?

Sermos tornados justos por Cristo, não nos isenta de passar por aflições, inclusive o texto lido nos diz que elas serão muitas!

  1. Qual a vantagem então de nos tornarmos justos?

Não podemos evitar que venham aflições, mas o Senhor nos livrará de todas! É sua promessa infalível. Por outro lado, conforme a Palavra profética, nosso tempo de prisão acabou! Os dez dias proféticos (Ap 2:10) encerrou. Obtivemos o alvará de soltura! Estamos LIVRES! (emocional, física, espiritual, hereditária, ideológica, religiosa etc.)

  1. O que pretende fazer para desfrutar dessa liberdade conquistada?

 

Concluindo

Estamos livres! Então, tome posse desta liberação profética! Não permita que a cultura da prisão fique dentro de você! Não basta estarmos fora da prisão é necessário que a prisão esteja fora de nós!

 

Então, vamos orar e renunciar a todo e qualquer sentimento de prisioneiro que queira persistir em nós.

 

Elaborada por Ap. Paulo
Pregada em 09/02/20

Publicar um comentário